domingo, 30 de março de 2014

Dan Brown e as suas quatro obras iniciais

  

    

Apenas li estes quatros livros do conceituado escritor norte americano, mas confesso que gosto do seu estilo e que espero ler o outros dois livros. Não sendo histórias reais, ele consegue enrredar na sua ficção fatos históricos que nos dão uma outra visão sobre determinados assuntos, levando-nos mesmo a pensar sobre o tema de uma forma mais profunda. No site da Bertran poderá encontrar toda a informação sobre estas obras.

Boas Leituras


sábado, 29 de março de 2014

Rio das Flores - Miguel Sousa Tavares

Este é de longe o livro que mais gostei até hoje, li-o no ano de 2009. Escrito por Miguel Sousa Tavares conta a história de uma familia com inicio em Sevilha, 1915 e termina no Vale do Paraíba, 1945. Narra "trinta anos da história do século XX correm ao longo das páginas deste romance, com cenário no Alentejo, Espanha e Brasil. Através da saga dos Ribera Flores, proprietários rurais alentejanos, somos transportados para os anos tumultuosos da primeira metade de um século marcado por ditaduras e confrontos sangrentos, onde o caminho que conduz à liberdade parece demasiado estreito e o preço a pagar demasiado alto. Entre o amor comum à terra que os viu nascer e o apelo pelo novo e desconhecido, entre os amores e desamores de uma vida e o confronto de ideias que os separam, dois irmãos seguem percursos diferentes, cada um deles buscando à sua maneira o lugar da coerência e da felicidade.
Rio das Flores resulta de um minucioso e exaustivo trabalho de pesquisa histórica, que serve de pano de fundo a um enredo de amores, paixões, apego à terra e às suas tradições e, simultaneamente, à vontade de mudar a ordem estabelecida das coisas. Três gerações sucedem-se na mesma casa de família, tentando manter imutável o que a terra uniu, no meio da turbulência causada por décadas de paixões e ódios como o mundo nunca havia visto. No final sobrevivem os que não se desviaram do seu caminho."


Rio das Flores
 
Edição/reimpressão: 2007
Páginas: 632
Editor: Oficina do Livro
ISBN: 9789895553181
Coleção: Ficção Portuguesa

Boas Leituras

sexta-feira, 28 de março de 2014

Rosa Brava - José Manuel Saraiva

Este livro foi lido há já alguns anos mas cuiosomente ainda hoje influiencia as minhas escolhas literárias de hoje. Tratando-se de um romance histórico consegui aliar duas paixões minhas a leitura e a aprendizagem, neste caso de História. Enceta-se a narrativa no ano de "1368, D. Leonor Teles de Menezes, a mulher mais desejada do Reino, casa com o morgado de Pombeiro, D. João Lourenço da Cunha. O matrimónio é imposto por seu tio, D. João Afonso Telo, conde de Barcelos. Mulher fora do tempo, aceita contrariada o casamento, que a melancolia da vida do campo não ajuda a ultrapassar. Por isso, decide abandonar o marido e parte para Lisboa, para gozar a vida de riqueza e luxúria que a Corte proporciona. Perversa e ambiciosa, não tem dificuldade em seduzir o jovem monarca, D. Fernando, alcançando, desse modo, o poder que sempre desejou. Mas a nobreza, o clero e o povo não veêm com bons olhos esta aliança de adultério com o Rei. E menos ainda quando a formosa Leonor Teles se envolve com o conde Andeiro... Rosa Brava é um romance baseado na investigação histórica que, por entre intrigas palacianas, traições, assassínios e guerras com Castela, reinventa, numa linguagem cativante, uma das personagens mais fascinantes da História de Portugal."



Ficha detalhada : Rosa Brava

AutorJosé Manuel Saraiva
EditorOficina do Livro
ISBN9789895551132
EAN978-9895551132
Dimensões15 x 23 cm
Nº Páginas452
EncadernaçãoCapa mole


Boas Leituras

Lady Macbeth - Susan Fraser King

(Livro do mês de Março)

E como este ano me propus a ler um livro por cada mês, as minhas leituras continuaram e na semana passada acabei de ler mais um. Desta vez a sorte recaiu sobre o livro "Lady Macbeth". Devo confessar que me era desconhecida a história de reis e rainhas escoceses e este livro foi capaz de me transportar para essa era e de que fazer querer saber mais sobre a Escócia. Este livro tem uma narrativa tão bem escrita e onde a história flui tão rápido que nos faz querer ler mais e mais, perdendo a noção das horas.

"Lady Gruadh, a quem chamam Rue, é a última descendente da mais importante linhagem real escocesa. Casada com um poderoso senhor do Norte e grávida de um filho seu, fica viúva e vê-se obrigada a desposar o assassino do marido, um senhor da guerra sedento de poder chamado Macbeth. Em perigo por causa dos Víquingues, Saxões e dos lordes escoceses, Rue começa a respeitar o homem que a certa altura desprezou - para perceber depois que as ambições de Macbeth ultrapassam as fronteiras da vasta região norte. De entre os poderosos senhores da guerra, com os seus jogos de poder, apenas Macbeth poderá unificar a Escócia - e o sangue real da sua mulher é a chave para o seu sucesso.

Determinada a proteger o filho, Rue recorre à sabedoria antiga e às práticas secretas das suas antepassadas, ao mesmo tempo que luta para sobreviver numa sociedade guerreira. Por fim, lado a lado como o último rei Celta e a última rainha da Escócia, Rue e Macbeth terão de enfrentar a tempestade que se avizinha devido à junção dos seus destinos."




Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 400
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722518253
Coleção: Grandes Romances

Boas Leituras